Samuel Sanches, Administrador
  • Administrador

Samuel Sanches

Osasco (SP)
2seguidores31seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

Graduado em Administração de Empresas; Graduando em Direito

Recomendações

(44)
Texano ., Membro do Ministério Público
Texano .
Comentário · há 3 meses
"O cometimento de um delito não torna alguém “menos pessoa” que outro."

Para quem tem como ganha-pão a defesa de criminosos, essa frase realmente faz sentido, mas para o outro lado, o da sociedade, o da família dilacerada que teve um ente querido arrebatado do mundo dos vivos por um bandido que cometeu as maiores barbaridades com aquele familiar e que além de tudo ainda possui uma chance superior a 90% de permanecer impune, com certeza não faz sentido, não é aceitável e nem nunca será.

Quem mora no mundo cruel e real e se submete as regras de convívio social certamente não entende o porquê de que muitos indivíduos, mesmo tendo a possibilidade de fazer escolhas diferentes da vida criminosa, simplesmente não o fazem. Eles optam pelo crime, pelo caminho de causar o mal a outras pessoas que nada lhe fizeram para receber atrocidades gratuitamente.

Se a autora deseja eu mando o endereço de um amigo meu que teve o tio torturado e morto na semana passada em um latrocínio. Na ocasião os bandidos o renderam, ataram suas mãos e pés e o espancaram até a morte, fazendo pouco caso de sua simplicidade (era pobre, agricultor e semianalfabeto) e sua idade avançada (77 anos).

Sabe o que levaram? Nada além de um aparelho de dvd velho. Isso mesmo, torturaram e mataram um idoso por um mísero dvd que não vale nem R$ 50. E então eu tenho que ler que vermes infames desse tipo são tão humanos como eu? Não são humanos, são excrementos que poluem o mesmo planeta que eu habito. São vermes, e como tais, merecem ser pisoteados, esmagados sem qualquer compaixão.

E também é fácil falar isso quando a violência bate apenas na porta do vizinho. No mundo real os fatos são muito diferentes dos contados nas linhas dos artigos deste canal cujos autores parecem viver em um mundo diferente do nosso.

E claro que não poderia faltar a criminalização da legítima defesa, algo veementemente repudiado por este canal, vide o artigo "Se a justiça não funciona, o cidadão tem que agir", onde simplesmente afirmaram que o cidadão que não quer mais morrer calado como boi a caminho do abatedouro equipara-se a um criminoso. Mas ainda há outras dezenas cujo teor é o mesmo. Deve ser o medo de ficarem sem clientes para defender, só pode ser isso.

É difícil é segurar a razão ao ler coisas como estas, francamente...

Perfis que segue

(31)
Carregando

Seguidores

(2)
Carregando

Tópicos de interesse

(4)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

ANÚNCIO PATROCINADO

Outros perfis como Samuel

Carregando

Samuel Sanches

Entrar em contato